Seguindo o blog

Postagem em destaque

PERFUME DE MULHER - Soneto

Tu que tens os aromas e as cores Da beleza que invade meu querer Adornada em paisagens de amores Adentrando o oasis do meu ser....

domingo, 24 de outubro de 2010

O AMOR E A PAIXÃO

Amor que transcende o tempo
Na liberdade do vento
Não há limite de espaço.
Amor que me aperta o peito
Coração bate sem jeito
Acelerando o compasso.

Paixão que me abraça forte
Me leva do sul ao norte
Nas asas do pensamento,
Segue itinerário errante
Incerta, mas confiante
Que terá o seu momento.

O amor, nas minhas virtudes
Me corrige as atitudes
Me alertando a não falhar
Me devolve a lucidez
Que a paixão por sua vez
Esqueceu de me alertar.

Paixão do meu sol dourado
Do meu mundo encantado
Onde reinam amor e paz
Paixão dos meus devaneios
Dos meus desejos e anseios
Do amor que me compraz.

Amor de luz cristalina
Avidamente me inclina
A serguir por teus caminhos
Não deixa esquecer que a rosa
Apesar de ser formosa
Também traz os seus espinhos.

Mas a paixão que em mim vive
Não exige que eu me prive
É paixão que me desperta
E ouso voar mais distante
Sorridente e confiante
No amor que me liberta.

José Bento

Nenhum comentário:

Postar um comentário