Seguindo o blog

Postagem em destaque

PERFUME DE MULHER - Soneto

Tu que tens os aromas e as cores Da beleza que invade meu querer Adornada em paisagens de amores Adentrando o oasis do meu ser....

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

A Estação - Roberto Carlos


As estórias de amor nem sempre têm finais felizes e, as vezes, uma despedida é inevitável Roberto Carlos retrata muito bem o tema, em uma de suas mais linda canções, A Estação, grava em 1974. Belíssima!



Senti que alguma coisa ia me dizer
No tempo que restava antes de partir
Mas seu silêncio me dizia muito mais
Que todas as palavras que eu pudesse ouvir

No olhar uma tristeza disfarçava
No peito uma saudade antecipava
Então sua mão meu rosto acariciou
E com ternura meus cabelos afagou

E a sua voz se fez ouvir dizendo adeus
E eu fiquei perdido em pensamentos e recordações
Não sei por quanto tempo ali fiquei
E como pude controlar as emoções também não sei

Pra não me ver mais triste ainda ela sorriu
Me olhou nos olhos, me beijou, depois saiu
Caminhou com passos calmos e parou
Me acenou mais um adeus, depois seguiu

Lembrei de tudo como era antes
Sem despedida e vidas tão distantes
Parado ainda na estação ela me viu
Me acenou mais uma vez, depois partiu

E a sua mão mais uma vez me acenou
E eu fiquei perdido em pensamentos e recordações
Não sei por quanto tempo ali fiquei
E como pude controlar as emoções também não sei

Um comentário:

  1. nossa coisa muito linda ,palavra triste , mais pura .deixa a gente pensa de com faz falta um amo.e eu ja passei tudo isto , mais venci , eu venci.

    ResponderExcluir