Seguindo o blog

Postagem em destaque

PERFUME DE MULHER - Soneto

Tu que tens os aromas e as cores Da beleza que invade meu querer Adornada em paisagens de amores Adentrando o oasis do meu ser....

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

AMORES AMANTES


 Amores amantes,
Amantes amados,
Sussurros gritantes
Em gritos calados.

Que me cala a boca
Num beijo ofegante
Arrepia a pela
Me invade o ser.
Me torna tão teu,
Tão tua metade.
Quanto mais eu quero
 Mais quero querer

Amores amantes,
Amantes amados,
Sussurros gritantes
Em gritos calados.

Atento ao toque
Da mão que me toca
Que me entorta corpo
Me entorpece o ser.
E me faz ir além,
Além do querer,
Além do limite
Do que o olho vê.

Amores amantes,
Amantes amados,
Sussurros gritantes
Em gritos calados.

Que me toca a pele,
Incendeia o corpo,
Me causa delírios
Do começo ao fim
E me faz seguir
A tua vontade
Que sem itinerário
Viaja em mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário