Seguindo o blog

Postagem em destaque

PERFUME DE MULHER - Soneto

Tu que tens os aromas e as cores Da beleza que invade meu querer Adornada em paisagens de amores Adentrando o oasis do meu ser....

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

VONTADE - POEMA LIVRE

Que vontade estou,
de sair correndo e te abraçar..
Ouvir de você,
está tudo bem,
tudo certo..
Agora mais forte..
Que vontade estou,
de ser sua fêmea,
como sempre fui,
como sempre fomos um para o outro..
Que vontade de te cheirar,
sentir o seu corpo,
sentir você, enfim..
Ouvir o seu prazer, olhando em meu olhos...
Em cada momento vivido...
De sua cara de viajante,
quando com minha boca eu tocava seu corpo...
É... você gostava de ter o seu corpo explorado...

E, eu, pesquisadora fazia-o com prazer,
com desejo,
por vontade ...
Havia muito de mágico,
Como um encontro com fadas,
magos,
luzes!
Estrelas que cintilavam...
Amor que grita,
Num silêncio do encontro..
Nos corpos juntos,
infinitamente juntos.
Mãos que percorrem,
boca que procura,
prazer que aflora,
Felicidade de ver,
do ter.
Vontade,
Você !!!


(desconheço a autoria) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário