Seguindo o blog

Postagem em destaque

PERFUME DE MULHER - Soneto

Tu que tens os aromas e as cores Da beleza que invade meu querer Adornada em paisagens de amores Adentrando o oasis do meu ser....

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Despedida - Soneto



Ja náo é o mesmo olhar que desejei
Esse olhar que hoje olha e não me vê
A quem horas e mais horas dediquei
De quem fiz sua vontade o meu querer

Ja não tem o mesmo fogo da paixão
Nem tão pouco quer ouvir meus pensamentos
Jà não sinto o leve toque de suas mãos
Meu carinho já não traz contentamento

Se teus olhos se despedem sem palavras
Sem perguntas ou respostas, só ressalvas
Segue pois o teu caminho, agora vai

Pois além desse horizonte alguém te chama
E por certo encontrarás quem tanto amas
E terás então o amor que te compraz.

José Bento

Um comentário:

  1. Lindo soneto! Já escrevi alguns sonetos na época que eu estudava, hoje com minha profissão, correria do dia-a-dia, nem tenho tempo para escrever, mas adoro ler, em especial sonetos!!!!!! Parabéns e muito sucesso pra vc! Veja meu blog: http://vickebijumix.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir